Minas Gerais e as suas Cidades Históricas

Ouro Preto, Mariana, Congonhas e Tiradentes - Patrimônio Cultural da Humanidade

  
  

Riquezas naturais intactas que revelam arquitetura reconhecida pela história. Uma excelência em gastronomia. Um povo acolhedor que recebe de braços abertos pessoas, turistas ou curiosos em conhecer tudo isso.
Eis o autêntico trivial mineiro. E plagiando um jargão no estado, “Minas, são muitas.”

Ouro Preto
Ouro Preto

Ouro Preto

Partindo do passado e avançando para o presente, vou dar uma pequena amostra do que se vivência em Minas Gerais. Começando com a arquitetura antiga e contemporânea, um contraste , porém convivendo em perfeita harmonia. O povo acolhedor com sua rica gastronomia, resultado de uma composição das tradições cultivadas no Brasil Colonial, pelos escravos, bandeirantes e tropeiros, resulta numa combinação perfeita, um convite fantástico às refeições apuradas.

Referência no Brasil e no exterior, reconhecida e tombada como Patrimônio Cultural da Humanidade, Ouro Preto é passado conservado da história de Minas Gerais e do Brasil.
Palco de uma riqueza histórica e cultural ilimitada, as igrejas, casas e ladeiras por onde passamos proporcionam uma aula de história até para os mais desatentos.

Ouro Preto
Ouro Preto
Ouro Preto
Ouro Preto
Ouro Preto

E não para por aí, a região, sua estrutura, nos permite conhecer seus outros 12 distritos, cada um com sua peculiaridade. Ouro Preto é imbatível nisso.

Ouro Preto
Ouro Preto

Cada rua, cada imóvel, cada trecho, faz relembrar e traz uma sensação única de "volta ao passado". Bem estruturada em pousadas, artesanato, lojas, guias e gastronomia, sem apagar o "Ar de estarmos no século XVIII”, Ouro Preto é um dos principais destinos de turismo do Brasil e do Mundo.
Ladeiras e calçamentos da época, esculturas, igrejas, pequenas sacadas, um aglomerado de telhados em formas geométricas, com certeza atraem a atenção.

Para os apaixonados por fotografia e viagem, o local é ideal, até porque os distritos próximos têm atrações naturais que compõem a riqueza da cidade.

Casa de Tiradentes
Ouro Preto
Ouro Preto

É de encher os olhos a beleza e detalhes expressos em forma de esculturas, arquitetura, pintura, atrações, festas e gastronomia. A arte em Ouro Preto está presente em todos os lugares. Basta "olhar".
Ouro Preto não é só História, há festivais culturais o ano inteiro e paisagens maravilhosas. Seus distritos transmitem informação e tranqüilidade quando visitamos.
Eventos como Carnaval, Corpus Christi, Cineop (Mostra de Cinema de Ouro Preto) e Semana do Aleijadinho atraem milhões de pessoas.

Distante 90 km de Belo Horizonte, 680 km de São Paulo, 400 km do Rio de Janeiro e 440 km de Vitória, você pode se aventurar, sem qualquer tipo de problema quanto à estrutura e busca de informações, seja em mapas ou folders, (e até mesmo pela Secretaria de Turismo de MG ou guias e agências), de carro, ônibus ou avião.

Ouro Preto
Ouro Preto
Artesanato
Ouro Preto
Casa da Ópera

Há opções para todas as necessidades e vontades, inclusive já estão operando vôos internacionais para a capital, com deslocamento posterior para outros destinos dentro do Estado.

Com investimento e incentivo, a Secretaria de Turismo em MG está divulgando e apoiando os Circuitos de MG, sendo cada vez mais viável conhecer essa Região e o Estado. Com mais absoluta convicção o Estado de MG tem muito a mostrar não só ao Brasil, mas ao Mundo.

Hotéis, Pousadas, Bancos, Correios, Hospitais, Agências de Turismo, Rodoviárias, Locadoras de Automóveis e guias, reforçam a infra-estrutura para receber turistas do todos os lugares do Brasil e do Mundo.

Folders e mapas são encontrados com facilidade, indicam todas as igrejas, Museus, Chafarizes, Mirantes, Passeios Ecológicos, Parques e alguns locais interessantes, como pude visitar. A Casa da Ópera (Teatro Municipal): o mais antigo teatro em funcionamento em toda a América Latina e o primeiro do Brasil.

Ouro Preto
Ouro Preto
Ouro Preto
Ouro Preto

Afinal, é patrimônio histórico da humanidade, e não foi à toa que se dirigiram para lá multidões de todos os cantos do mundo atraídas pela busca do Ouro e de uma perspectiva de vida melhor.

Igreja São Francisco de Assis
Igreja São Francisco de Assis
Ouro/Igreja São Franscisco de Assis
Ouro Preto
Igreja Nossa Senhora do Carmo
Comércio local

Conhecer Ouro Preto é muito mais que visitar. É como se vivenciássemos a época. As paredes falam, expressam riqueza e dor. Dor de um passado de tormentos e injustiças. E como se não bastasse admirar suas arquitetura, suas história, riquezas e peculiaridades, impossíveis não relembrar de Tiradentes, um dos mártires da Inconfidência Mineira, e Aleijadinho com suas obras.

Pintura de Ataíde, no teto da Igreja
Ouro/Igreja São Franscisco de Assis

A Igreja São Francisco de Assis encanta visitantes e devotos por seu projeto arquitetônico assinado por Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho, e pelas pinturas de Manuel da Costa Ataíde. O início de sua construção ocorreu em 1766. O ingresso cobrado é um valor simbólico e justo para a manutenção do local, feito pelas Irmandades.

Joaquim José da Silva Xavier, Tiradentes, foi enforcado a 21 de abril de 1792. Seu corpo foi esquartejado e sua cabeça foi erguida em um poste em Vila Rica (hoje Ouro Preto).

Realmente fiquei impressionado pela beleza do local, suas esculturas, pinturas e o ouro espalhado por todos os cantos da Igreja. Tudo que lá brilhava era ouro. Realmente nenhuma câmera fotográfica, por melhor que for , irá reproduzir o que meus olhos viram e minha mente registrou.

Tudo lá é História! Desde moradias simples, que indicam o ano de construção e o que foi no passado até obras que conceituados artistas deixaram por lá.

Hotéis, Pousadas, Bancos, Correios, Hospitais, Agências de Turismo, Rodoviária, Locadoras de Automóveis e guias, reforçam sua infra-estrutura para receber turistas do todos os lugares do Brasil e do Mundo.

Optando por ter referências em Belo Horizonte, ou mesmo em Ouro Preto, essas agências dispõem de pacotes para a cidade e região.


Mariana

Trem em Mariana

Mariana, a 12 km de Ouro Preto, a primeira capital de Minas Gerais, encanta pelas paisagens e por ser parte de nossa história. O conjunto arquitetônico da primeira cidade de Minas Gerais foi desenhado pelo poder do ouro, e isto é percebido na ornamentação. Mariana está inserida no Circuito do Ouro e compõe um dos mais magníficos conjuntos barrocos do mundo. A mineração ainda é a principal atividade econômica da cidade mas aos poucos o turismo vem conquistando seu espaço.

Mais igrejas, mais informações, obras de arte, e cada uma delas, têm um significado. Artesãos espalham-se por toda região mostrando um pouco da cultura local.

A Estação Ferroviária foi reformada e em 2006 passou a funcionar como estação final do trem turístico de Ouro Preto a Mariana.Todo o espaço foi muito bem aproveitado .O prédio da antiga estação foi todo aproveitado e agora existe uma biblioteca, acesso à Internet e uma espécie de parque de diversões musical onde metais que parecem ter sido reaproveitados de pedaços de outros trens compõem vários instrumentos musicais
A bordo do trem, restaurado para os turistas, trilhos, paisagens e sensações são como uma viagem no tempo. São 18 km de extensão entre Mariana e Ouro Preto, percorridos em um trajeto de 1 hora. Imperdível.

Trilho e Roda do Trem
Estação
Viagem de Mariana a Ouro Preto
Dentro do vagão

A estação , o embarque ,o som do trem, tudo nos transporta ao passado através de túneis e paisagens deslumbrantes .
Caminhando em sentido a Congonhas, 48 km de Ouro Preto, o cenário proporciona mais um banho de cultura.


Congonhas

Obra de Aleijadinho

Congonhas possui um expressivo conjunto de riqueza barroca do maior artista do gênero no Brasil: Antônio Francisco Lisboa, mais conhecido pelo apelido Aleijadinho.

Obras de Aleijadinho, reconhecidas pela Humanidade, muitas delas ao ar livre, contracenado com montanhas, céu lindíssimo e Igrejas majestosas. Um pardo que brilhava pelo talento, que mesmo com uma doença degenerativa, espalhou seu talento por Minas Gerais. Um mestre em expressar em suas obras, serenidade, harmonia e equilíbrio.

O Santuário do Bom Jesus de Matosinhos é um conjunto arquitetônico e paisagístico formado por uma basílica , e seis capelas com cenas da Paixão de Cristo e os 12 profetas confeccionados em pedra-sabão dispostos na frente da igreja. Há ao todo 78 esculturas em tamanho natural.

Um estudo preciso das obras do mestre demonstra variações que comprovam a intercessão de terceiros. Aleijadinho, nesta época, já estava gravemente mutilado por uma misteriosa doença, que pesquisadores acreditaram ser lepra. E acredita-se que outros artífices, seguidores de Aleijadinho, tenham bastante participação na confecção de algumas obras.

Os Doze Profetas
Imagens dos Passos da Paixão de Cristo

Tombado pelo SPHAN, atual IPHAN, em 1939, como Patrimônio Histórico Nacional, foi considerado Patrimônio Mundial da Unesco em 1985.
A primeira igreja do novo Matosinhos de Minas Gerais foi construída em 1773, com a construção, anos após, entre 1780 e 1793 da Via Crúcis do sopé do morro até o santuário. Em 26 de julho de 1957, o Papa Pio XII, reconhecendo a importância histórica, artística e religiosa do conjunto, elevou a igreja principal à dignidade e Basílica Menor. A via-sacra é composta por uma série de capelas de planta quadrada, paredes caiadas e teto de quatro águas que abrigam cenas da Paixão de Cristo representadas mediante conjuntos esculturais esculpidos em cedro brasileiro e policromias, seguindo a estética sentimental e rebruscada de rococó.

Imagens dos Passos da Paixão de Cristo
Imagens dos Passos da Paixão de Cristo
Um dos Doze Profetas
Um dos Doze Profetas
Um dos Doze Profetas

O sacro caminho desenrola-se em zigue-zague, subindo por uma ladeira simbólica na qual organizavam-se procissões de penitência para expiar as culpas da sociedade opulenta do final do século XVIII neste importante centro minerário do Novo Mundo.(fonte: Wikipedia )'

Mas nem só de obras essa região é rica. Para aqueles que querem se aventurar mais sugiro que conheçam a Cachoeira do Brumado, Pico do Itacolomi, Gruta da Lapa e Mina da Passagem.


Tiradentes

Igreja Matriz de Santo Antonio

De lá, seguindo para Tiradentes, o cenário de obras artísticas e clima que a cidade transmite, muda sensivelmente.

Tiradentes foi uma das cidades que mais teve ouro de superfície no Brasil, e graças a isso se desenvolveu.

Tiradentes está inserida no circuito Turistico da Estrada Real. A cidade possui fácil acesso aos grandes centros pelas rodovias BR 040 e BR 381 (Fernão Dias) que são interligadas pela BR 265 , principal via de acesso a cidade
Ao pé da Serra São José, desfrute de passeios, bares e restaurantes típicos da culinária Mineira e internacional, pousadas e artesanato que varia desde a prata, passando pelo estanho, ferro, móveis e pinturas. Não faltam por lá atrativos naturais como o balneário de Águas Santas (fontes termais).
Espalhadas pela cidade você encontra lojas e artesãos diversos, e uma tranqüilidade típica do interior, sem glamour ou badalações,o que atrai turistas o ano todo.

Há opções de roteiros de turismo ecológico, caminhadas ecológicas, cachoeiras, cicloturismo, cavalgadas, rapel, passeios de jipe e bote.

Como nas outras cidades, são inúmeras as opções de hospedagem, oferecendo boa infra estrutura, e apresentando eventos o ano todo, como o Festival Internacional de Cultura e Gastronomia, sem destoar o clima delicioso do local.

É importante lembrar que não só a cidade, mas todo seu entorno paisagístico é tombado pelo IPHAN.
Tiradentes é considerada um dos pólos turísticos mais importantes do Brasil.

Tiradentes
passeios
Serra
casas da cidade
Céu de Tiradentes

Como disse, vôos regulares até Belo Horizonte partem dos principais aeroportos. E deslocar-se por essas regiões, é fácil e prático, pois as estradas são boas, há locadoras de carros e receptivos próprios para turistas de todo Brasil e do Mundo. Pode-se obter informações através da própria secretaria de turismo de MG ou nas cidades escolhidas como destino.

Tiradentes
Comércio em Tiradentes
Tiradentes
Loja de Móveis
Tiradentes


Distâncias

Belo Horizonte - Ouro Preto 104 km
Ouro Preto - Mariana 14 km
Ouro Preto - Congonhas 55 km
Congonhas - Belo Horizonte 87 km

Belo Horizonte às principais capitais:

Aracaju 1591 Km
Brasília 748 Km
Campo Grande 1301 Km
Curitiba 1004 Km
Goiânia 874 Km
Maceió 1854 Km
Natal 2361 Km
Porto Alegre 1712 Km
Recife 2061 Km
Rio de Janeiro 445 Km
Salvador 1392 Km
São Luís 2832 Km
São Paulo 586 Km
Teresina 2302 Km
Vitória 524 Km

Serviços

• SETUR- Secretaria de Estado de Turismo de MG
• Site oficial de Turismo de Ouro Preto
• Site de Turismo de Tiradentes
• Site Oficial de Turismo de Congonhas
• Site Oficial de Turismo de Mariana

Hotéis e Pousadas

• Hotel Mercure Lourdes (Belo Horizonte)
• Hotel Solar do Rosário (Ouro Preto)
• Pousada Pequena Tiradentes (Tiradentes)

Gastronomia

• Restaurante Maria das Tranças
• Churrascaria Fogo de Chão
• Restaurante A Favorita
• Restaurante Casa do Ouvidor
• Restaurante Bené da Flauta
• Restaurante Padre Toledo
• Restaurante Santíssima Gula

Agradecimentos

• SETUR- Secretaria de Estado de Turismo de MG


Abraços
Eduardo Andreassi
e-mail: edu_andreassi@hotmail.com

Copyright 2020 - Eduardo Andreassi - Todos os direitos reservados
Todas as fotos deste álbum virtual estão protegidas pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das minhas imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e autorização.

  
  

Publicado por em